O que você precisa saber para contratar um serviço de consultoria empresarial


imprimir
Já se foi o tempo em que o serviço de consultoria empresarial era entendido como um luxo dentro de uma empresa, ou então, um artificio utilizado somente por grandes empresas para solucionar algum problema de difícil resolução.
Devido às mudanças mercadológicas constantes, cada vez mais pequenas empresas estão buscando por estes serviços para auxiliarem no desenvolvimento de seus negócios, investigando e diagnosticando problemas propondo soluções que ajudem a alcançar seus objetivos com maior eficiência.
Empresários são pessoas que desempenham muitas funções e nem sempre reservam tempo de avaliar criteriosamente se os resultados que a empresa vem demonstrando está de acordo com os objetivos esperados.
E ai que entra em campo o profissional de consultoria para evidenciar as causas que podem estar impedindo a empresa de alcançar o esperado, dando suporte para correção de erros ou aperfeiçoar processos que podem estar apresentando algum grau de ineficiência.
Vale lembrar que apesar da procura por um serviço externo, na maioria das vezes para solução de problemas, a prestação de serviço de consultoria também serve para antever fatos ou situações que podem colocar em risco a atividade da empresa.
Existem dois tipos de consultoria que são: a interna e externa.
A consultoria interna é aquela que é feita por um profissional com vínculo empregatício que se dedica exclusivamente aos procedimentos diários da empresa, por exemplo, o consultor de recursos humanos, consultor de contabilidade.
A consultoria externa é aquela em que é feita por um profissional autônomo ou chamado de consultor externo, responsável por prestar serviços ocasionais, mediante um contrato de prestação de serviços com prazo determinado.
Embora existam dois tipos de consultoria a maioria das pessoas reconhece apenas o profissional da consultoria externa como consultor de fato.
Tanto o serviço de consultoria interna quanto externa apresentam suas vantagens e desvantagens.
Vantagens e desvantagens do consultor interno
Por fazer parte do quadro de funcionários de uma empresa o consultor interno tem autonomia e habilidade para avaliar processos e solucionar problemas referentes à sua rotina de trabalho. Reconhece a missão e valores da instituição e colabora para que se mantenha a ordem desejada pela empresa.
Na prática o consultor interno tem um cargo de confiança, que lhe dá poder para decidir o que acredita ser melhor para seu setor e sua equipe baseando-se na sua experiência profissional dentro da empresa.
Por outro lado, este profissional pode ter a dificuldade de ter uma visão sistêmica da organização como todo, devido estar mais centrado na operacionalização de suas atividades e também porque sua experiência fica restrita ao cargo que ocupa e aos acontecimentos de sua empresa.
O consultor interno também enfrenta um pouco de dificuldade para aceitação de suas propostas de trabalho, que na maioria dos casos dependem da aprovação de outras pessoas de cargos superiores ao dele.
Estes são alguns fatores que devem ser analisados antes de contratar e durante a realização da consultoria, evidente, que existem muitos outros que dependerão de empresa para empresa e do tipo de consultoria contratada.
E nem sempre a contratação de um serviço de consultoria termina em sucesso, por isso é importante estar atento a cada detalhe da proposta e acompanhar o processo de realização do trabalho, porque a consultoria vai dar o parecer de problemas e propor soluções mas quem decidirá a implantação ou não sempre é a empresa contratante.
Obtenha mais ajuda de em profissional de consultoria solicitando atendimento pelo email cosultoria@acirmt.com.br. O atendimento é gratuito para empresas associadas à ACIR.
Fonte: http://atitudeenegocios.com